A importância do cateter implantável para quimioterapia

Cuidados de enfermagem em pacientes com traqueostomia
7 de janeiro de 2022
A importância do farmacêutico na Sociedade
20 de janeiro de 2022

Pacientes em tratamento de quimioterapia contam com uma série de procedimentos que fazem parte do tratamento. Um desses procedimentos é a instalação de cateter. Apesar de haver vários modelos no mercado, o cateter implantável é o mais recomendável para pacientes em tratamento quimioterápico. Confira a sua importância.

 

Para que serve o cateter implantável para quimioterapia?

O cateter implantável ou PORT é um dispositivo que deve posicionado dentro de uma veia de grande calibre, que deve estar ligado a um reservatório que deve ser localizado abaixo da pele. Nesse local deverá ser realizado punção e infusão de medicamentos.

Esse modelo de cateter é composto por diferentes tipos de materiais e possui diversos comprimentos e diâmetros. Esse produto é usado com frequência em pacientes que estejam em tratamento de câncer, principalmente por meio de quimioterapia. O seu uso é recomendado quando o paciente precisa receber doses regulares de drogas quimioterápicas.

Esse tipo de medicamento é muito tóxico para veias periféricas como de pernas e braços, pois elas acabam provocando fibrose. Por isso, o paciente vai perdendo suas veias a cada dia, causando um enorme sofrimento. Com o cateter implantável, o trabalho dos profissionais de saúde se torna mais fáceis e o tratamento mais agradável para os pacientes, gerando menos desconforto e dor.

Quem precisa do cateter implantado na pele?

Os médicos oncologistas indicam o tratamento da quimioterapia via esse tipo de cateter, visando maior qualidade e segurança para inserir os medicamos.

Além disso, o cateter implantável é indicado para:

  1. Pacientes idosos ou com baixa tolerância para dor para serem poupados;
  2. Pacientes que necessitam de tratamento superior a seis meses;
  3. Pacientes que fazem uso de determinados medicamentos que são perigosos para veias finas dos braços;
  4. Pacientes em tratamento por longo período que perderam as veias nos braços.

 

Principais benefícios do cateter implantável

A implantação do cateter é feita com anestesia local e sedação e o paciente é liberado horas depois da sua instalação. É necessário o uso de curativos para proteger o cateter até a cicatrização do corte.

  • Maior mobilidade e conforto para o paciente;
  • Baixa taxa de infecção;
  • Dispensa uso de curativos a longo prazo;
  • Evita punções nos braços frequentemente;
  • Longa durabilidade, pois o cateter suporte até 2000 punções;
  • Possibilidade de realizar atividade física;
  • Maior eficácia no tratamento, pois evita trombose venosa, flebites e outras combinações.

Quer saber mais sobre o cateter implantável? Clique aqui e nos consulte.