Sedação inalatória: Por que usar no dentista?

Vigilância Sanitária: Como ela atua nos hospitais
18 de novembro de 2021
Produtos Cirúrgicos: Qual a diferença entre esterilização e desinfecção?
4 de dezembro de 2021

Em muitos consultórios odontológicos, os profissionais se deparam com pacientes que sofrem de odontofobia, que é o medo excessivo e a ansiedade de ir ao dentista. Muitas pessoas chegam a abandonar os tratamentos. Para aliviar a tensão, a sedação inalatória é um meio alternativo e menos invasivo para que o dentista faça o tratamento e cuide da saúde bucal dos pacientes.

 

O que é a sedação inalatória?

A sedação inalatória, também conhecida como gás do riso ou gás hilariante, é uma mistura do óxido nitroso e oxigênio. Essa técnica é considerada uma sedação consciente, pois o óxido nitroso é um gás adocicado e incolor, que tem efeito relaxante e ansiolítico.

Essa sedação é menos invasiva, pois o paciente permanece consciente e obedece a comandos verbais e estímulos. A sedação inalatória suprime a consciência, mas mantém várias funções vitais como deglutição, espontânea e respiração.

Descoberta do óxido nitroso

Em 1844, Horace Wells descobriu o óxido nitroso. Atualmente, a técnica da sedação inalatória é usada por dentistas para controlar ansiedade e controle da dor em diversos países como: Brasil, Estados Unidos, Suécia, Japão, Nova Zelândia, Austrália, Noruega, França e Reino Unido.

Os dentistas indicam a sedação inalatória para os seguintes pacientes:

  • Que tiveram paralisia cerebral e AVC;
  • Pacientes diabéticos, epiléticos, cardiopatas e hipertensos;
  • Crianças hiperativas;
  • Pacientes psiquiátricos;
  • Pacientes que tem medo e ansiedade.

Esse tipo de medicamento não é indicado para dependentes químicos, gestantes, principalmente as que estão no primeiro trimestre e pacientes que tem problemas respiratórios como rinite, sinusite e bronquite.

Os efeitos colaterais da sedação são quase mínimos. Somente em alguns casos, o paciente pode apresentar redução na audição, vômitos ou náuseas.

 

Por que usar a sedação?

De acordo com estudos, aproximadamente 20% da população brasileira evita de procurar tratamento odontológico por desconforto, medo, ansiedade e experiências negativas que já tiveram.

O medo acaba tornando o tratamento bem cansativo e estressante. Para trazer mais tranquilidade e conforto para os pacientes, muitos dentistas optam por fazer o uso da sedação inalatória. A sedação com óxido nitroso tem como principal objetivo o bem-estar do paciente, aumento da autoconfiança, redução progressiva de ansiedade.

A sedação inalatória é indicada para os seguintes procedimentos:

  1. Reabilitação oral;
  2. Endodontia;
  3. Extração de dentes sisos;
  4. Realização de implantes dentários.

A sedação consciente tem várias vantagens, tais como: previsibilidade, recuperação rápida, sem metabolização, não precisa acompanhante, ação rápida, entre outras.

Para utilizar a sedação inalatória, o profissional precisa ser qualificado e especializado em diversos tipos de tratamento odontológico.

Gostou deste conteúdo? Então, continue em nosso site e conheça nossos produtos hospitalares.