Vigilância Sanitária: Como ela atua nos hospitais

Fisioterapia respiratória: Sua importância após Covid-19
11 de novembro de 2021
Sedação inalatória: Por que usar no dentista?
25 de novembro de 2021

A Vigilância Sanitária atua em diversos setores do país, realizando um conjunto de práticas para prevenir, minimizar e eliminar os riscos à saúde da população brasileira. Nos hospitais, a Vigilância Sanitária atua como fiscal para oferecer a maior segurança possível para pacientes, corpo médico e colaboradores.

Esse órgão está vinculado ao SUS – Sistema Único de Saúde. Sua missão é controlar os diferentes tipos de problemas sanitários que podem acontecer. Dessa forma, evita que tanto as vidas humanas, animais, e meio ambiente sejam afetados de qualquer forma.

 

O papel da Vigilância Sanitária

As ações da Vigilância Sanitária atuam de forma abrangente para intervir nos problemas sanitários que decorrem da produção e circulação de bens, do meio ambiente e da prestação de serviços.

Suas práticas estão descritas na Lei. 8.080, de 19 de setembro de 1990. Essa lei regula os serviços e ações de saúde que deverão ser feitos pela Vigilância Sanitária em todo território nacional. Para atuar com essa abrangência, esse órgão conta com apoio de vários órgãos governamentais, incluindo agências.

Nos hospitais, a Vigilância Sanitária intervém em problemas sanitários vigentes para promover saúde para população. Com isso, o órgão orienta e oferece condições para as instituições garantam o bem-estar físico, a segurança e a integridade de todos.

Como vimos na pandemia do Covid-19, a Vigilância Sanitária tem impacto direto nas ações do Governo. No caso de um novo vírus, como aconteceu em 2020, o sistema único de saúde fica sobrecarregado.

Além disso, também é esse órgão responsável por liberar vacinas e medicamentos, com objetivo de controlar os riscos que possam atingir a população brasileira.

A ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária é a responsável por gerenciar , criar as normas e regulamentos e fornecer todo suporte para instituição atuar.

 

Locais de atuação da Vigilância Sanitária

A Vigilância Sanitária atua em diversos estabelecimentos para cumprir regras de higiene, saúde e segurança. Ela intervém em locais públicos como: shoppings, escolas, estádios, clubes, cinemas e estabelecimentos ligados à compra e consumo de alimentos.

Além disso, a Vigilância também atua nos estabelecimentos ligados à produção, distribuição e comercialização de medicamentos como indústrias de produtos hospitalares, drogarias, transportadoras, perfumarias e farmácias.

Para os serviços de saúde, a instituição atua nos ambientes hospitalares, laboratórios, clínicas odontológicas e médicas. Nesses serviços, ó órgão tem como objetivo garantir se os itens usados estão dentro da validade e se o ambiente está limpo.

A fiscalização é fundamental para manter a saúde de pacientes, colaboradores e corpo médico.

 

A importância da descentralização da VISA

A Vigilância Sanitária também é chamada de VISA atua de forma descentralizada no Brasil. De acordo com os últimos dados do IBGE, o país tem 5.570 munícipios. É praticamente impossível que a União consiga agir em todos esses locais.

Dessa forma, os municípios precisam auxiliar o Governo Federal, uma vez que eles estão mais próximos da população. Eles são capazes de integrar especialistas e setores.

Com isso, as responsabilidades são compartilhadas, o que torna mais ágil promover a saúde e a higiene da população.

Gostou deste conteúdo? Então, continue em nosso site e conheça nossos produtos hospitalares.

Chamar Agora!
Fale no Whatsapp
Olá!
Realize seu orçamento via Whatsapp!